Vereador diz que “Papa quer cancelar a Bíblia” e ataca colegas após cair em fake news

NÂO CHECOU 16 de Julho de 2020 ás 15h 29min

O vereador N. Lima (Progressistas) discursou em cima de uma fake news durante a sessão online da Câmara Municipal de Rio Branco nesta quinta-feira, 16, externando sua ‘revolta’ com a suposta notícia de que o Papa Francisco, maior liderança da Igreja Católica, estaria querendo “cancelar a bíblia” para dar lugar a um livro mais moderno. Mesmo o parlamentar sendo alertado rapidamente pelos colegas de que a notícia, na verdade, se tratava de uma fake news, ele manteve sua fala com base na notícia inverídica.

“Não tem nem lógica! Anos e anos que a população do mundo inteiro vem seguindo a Bíblia Sagrada e de repente chega o papa, que se acha Deus, e quer mudar uma coisa escrita por Deus. Estou aqui muito revoltado e decepcionado com esse tipo de ação do papa”, declarou indignado.

O vereador Rodrigo Forneck (PT) retrucou e afirmou que a notícia lida por N. Lima é alvo de revolta pelos católicos por se tratar de uma falsa notícia. “Vereador, essa notícia é mentirosa! Vossa excelência leu uma fake news. Todo seguidor do Bolsonaro gosta de espalhar mentira, mas não dá para vossa excelência usar a tribuna para tentar manchar a imagem do Papa Francisco e a honra da Igreja Católica. O parlamento é uma Casa de respeito! Sugiro ainda que retire a sua fala, pois ela está fundamentada em mentiras”, endossou Forneck.

O vereador e médico, Eduardo Farias (PCdoB), também repudiou a fala de N. Lima. “Essa fala do vereador tem um propósito: o de destruir qualquer movimento que faça um contraponto ao governo Bolsonaro”. Mesmo com a bronca dos seus colegas parlamentares, N.Lima manteve a fala e aproveitou para atacar Forneck e Farias. N. Lima afirmou que ambos seriam adeptos do aborto e da ideologia de gênero.

Fonte: ac 24 horas

Comentários