Coligação Gente que Faz entra com ação de pedido de resposta ao Portal Terra MT Digital, e é indeferida pela justiça eleitoral

09 de Outubro de 2020 ás 09h 45min 2

A coligação Gente que Faz, do candidato Miguel Vaz, entrou com uma ação de pedido de resposta contra o Portal Terra MT Digital, após veiculação de matéria que mencionava uma acusação de outra coligação em relação à de Vaz durante esse período de campanha eleitoral. Veja a matéria na íntegra. 

 

 

                                                           

 

 

O pedido acabou sendo indeferido pela Justiça Eleitoral, o que era esperado, já que causou estranheza à nossa equipe de reportagem tal ato, visto que o site nada mais fez do que exercer o direito ao pleno exercício de divulgar apenas um fato, já que a situação aconteceu dentro daqueles termos. Cabia apenas noticiar o fato jornalístico, sem o intuito de prejudicar ninguém. 

 

 

Como parte da análise, o Juiz Eleitoral expôs no documento: " (...) se encontram inseridas em um contexto de reprovação e de condenação que é inerente ao período eleitoral. A matéria veiculada, em princípio, tem cunho jornalístico e informativo. O conteúdo do texto é ácido, mas, nesta quadra, em um juízo sumário, reflete o exercício da liberdade de expressão comunicacional e se mostra inapto a desequilibrar a disputa eleitoral". 

 

 

Ainda a título de esclarecimento em relação a situação, nossa equipe de reportagem na ocasião de veiculação da referida matéria, entrou em contato com a assessoria de imprensa da coligação Gente que Faz, e após quase uma hora, ao invés do responsável vir solicitando o direito de resposta, a pessoa em questão, veio com um sermão não respeitando a linha editorial do veículo de comunicação. 

 

 

Muitas vezes, o próprio candidato não tem conhecimento de tudo que é feito pela sua assessoria de imprensa, pelo seu jurídico. Acreditamos que o que fala mais alto é a boa vizinhança, já que na cidade todos são conhecidos, e o Portal Terra MT Digital sempre está aberto seja a quem for, para fazer suas defesas, com ou sem o uso da justiça. 

 

 

O Terra MT Digital também está à disposição da Justiça Eleitoral, para seguir empenhando a função do bom jornalismo, que é a de divulgar fatos. O documento de indeferimento pode ser conferido a seguir.

Fonte: Carolina Moreira TERRA MT DIGITAL

Abrir arquivo em PDF

Comentários