Vereador em MT é preso por homicídio ocorrido há 36 anos

03 de Agosto de 2020 ás 07h 14min

O vereador de Carlinda (762 km ao norte da Capital), Manoel Miranda Costa (PL), foi preso na sexta-feira (31), quando trabalhava na Câmara, por um homicídio cometido há 36 anos. O mandado foi expedido pela Comarca de Rio Claro (SP).

A prisão é relativa a um homicídio cometido por Manoel em 1984, quando ele trabalhava para uma empresa de segurança no interior de São Paulo. Ele não ofereceu resistência e foi encaminhado para a Cadeia Pública de Alta Floresta (803 km ao norte).

                                                                         

Segundo a polícia, ele foi condenado a 16 anos de prisão, por ter matado um suspeito em uma tentativa de furto. O parlamentar atuava interinamente como presidente da Câmara de Carlinda.

O advogado do vereador, Wagner Silveira Fagundes, disse que o mandado foi recebido com surpresa, pois a condenação é de 2009 e, desde então, ele não havia sido intimado pela Justiça. Uma equipe de advogados vai a São Paulo neste domingo (2) para ter acesso ao processo, que ainda não foi digitalizado, para pedir a soltura. 

Fonte: FOLHA MAX

Comentários