PF EM LUCAS: PF deflagra operação de combate a crimes ambientais e visa quadrilha de MT

15 de Setembro de 2020 ás 07h 31min

A Policia Federal deflagrou na manhã desta terça (15) a Operação Tokens com o objetivo de combater crimes contra o meio ambiente em Mato Grosso. O foco da investigação são fraudes nos certificados digitais. A operação é coordenada por Brasília.

 

 

                                                           

 

 

No Estado são cumpridos mandados em Primavera do Leste, Itanhangá, Marcelândia, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Tangará da Serra, Rondonópolis e Guarantã do Norte.

 

 

Conforme apurado que, entre 2017 e meados de 2018, um grupo criminoso obteve certificados digitais (tokens) de fiscais, gerentes e gestores do Ibama por meio de fraude documental, com uso de dados de servidores e objetivo de adulterar, ilícitamente, sistemas do órgão ambiental.

 

 

No total foram constatados 122 desembargos irregulares em nome de 54 pessoas, entre fiscais ou jurídicas, realizados por uma quadrilha composta por pelo menos 7 pessoas. E o prejuízo causado pelos criminosos gira entorno de 150 milhões.

 

 

A PF cumpre ordens judiciais em 29 cidades de nove unidades federativas: Goiás, Tocantins, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo e Distrito Federal. São 5 mandados de prisão e 48 de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal do Distrito Federal.

 

 

De acordo com a PF, as fraudes beneficiaram proprietários rurais e empresários do ramo de exploração florestal e agropecuária com áreas embargadas no Pará e em Mato Grosso.

Fonte: RD NEWS

Comentários