METIDO A GARANHÃO: Enteada é difamada e tenta queimar padrasto vivo em MT

Cadeirante estava espalhando boato que transaria com mulher

31 de Julho de 2020 ás 21h 21min

Uma mulher de 52 anos foi presa após atear fogo em um colchão e no lençol onde o padrasto, que é cadeirante, estava em Chapada dos Guimarães ( a 68 km de Cuiabá), nessa quinta-feira (30).

 

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima informou que sua enteada havia tentado contra sua vida e que após não conseguir queimá-lo, a mulher pegou uma faca e começou a fazer ameaças.

 

O homem foi salvo pelo seu enteado, que depois de perceber o incêndio conseguiu retirá-lo de cima da cama e impediu que ele fosse esfaqueado. A Polícia Militar foi até o local e ao ser questionada, a suspeita disse que as ameaças seriam porque o padrasto havia dito para outras pessoas que havia tido relações sexuais com ela. Diante disto, a mulher foi encaminhada para a delegacia.

Fonte: FOLHA MAX

Comentários