IPIRANGA DO NORTE: Polícia encontra 186 kg de droga em caminhonete sem placa

O veículo saiu de Juara e seguiria para Goiás; droga avaliada em R$ 3 milhões

31 de Julho de 2020 ás 15h 11min

A Polícia Civil, por meio de investigação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) e a Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso apreenderam um carregamento de 180 tabletes de pasta base de cocaína e prenderam uma pessoa em flagrante no município de Ipiranga do Norte. O prejuízo estimado ao narcotráfico, com essa aprensão, é de R$ 3 milhões. 

                                                                         

O carregamento, que totalizou 186,36 quilos do entorpecente, foi apreendido na manhã desta quinta-feira (30) após os policiais abordarem um veículo Ford F350 que seguia de Ipiranga do Norte para Sorriso.

 

No momento da abordagem, o veículo trafegava sem a placa dianteira e o condutor, de 31 anos, informou que havia saído de Juara e seguiria para a cidade de Itaberaí, no interior de Goiás. Contudo, o homem estava bastante nervoso ao ser abordado e os policiais iniciaram os procedimentos de busca no veículo e identificaram um fundo falso preparado sob a carroceria do compartimento de carga, onde estavam os tabletes da droga.

 

Após receber voz de prisão, o suspeito relatou aos policiais que fez o transporte de drogas em duas ocasiões anteriores e que em cada uma das viagens recebeu o valor de R$ 15 mil.

 

O delegado titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, explica que a apreensão é fruto de uma  investigação que já vinha em andamento na unidade policial e contou com a parceria da PRF para que fosse possível abordar e prender o condutor do veículo e a droga. “Essa parceria que estamos firmando com a PRF para que possamos reforçar a atuação em prol da segurança pública de nosso estado e no combate ao tráfico de entorpecentes”.

 

O diretor de Atividades Especiais da Polícia Civil, Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, destaca a interação da DRE com as instituições, que tem resultado em apreensões constantes e trabalho investigativo de repressão ao crime de tráfico de entorpecentes. “A repressão qualificada ao tráfico de drogas no estado é constante, inclusive no tráfico doméstico, e a integração com as forças de segurança vem dando a resposta esperada pela sociedade”, destaca o diretor.

 

O veículo com a droga e o traficante preso foram encaminhados em escolta até a sede da DRE em Cuiabá.

Fonte: PORTAL SORRISO

Comentários