NOTA DE REPÚDIO

Opinião 09 de Janeiro de 2020 ás 10h 39min

O Terra MT Digital vem a público repudiar quaisquer acusações de que o nosso veículo de comunicação trabalhe com “fake news”. Na última quarta-feira (08) após uma reportagem sobre uma suposta tragédia de Tabaporã, onde a polícia iniciou investigação sobre o caso em que os pais são suspeitos de jogar o próprio filho, de seis meses, em um córrego. Após a repercussão de nossa reportagem, um “colega de profissão” em questão enviou áudios via grupo de WhatsApp, criticando nossa forma de trabalhar: “Colegas como esse complicam, e a questão da imprensa divulgar que nem tudo é verdade”. E continua, “O problema é repórter desta natureza e este colega faz propaganda de 3 empresas, mostrando ‘cartãozinhos’. Reiteramos que para levar informações de qualidade e em primeira mão aos seguidores de nossas plataformas digitais, trabalhamos duramente e com a verdade. Garantimos isso através do apoio de nossas fontes sigilosas. O suspeito já foi identificado e as medidas cabíveis já estão sendo tomadas. VISÃO TERRA MT DIGITAL Ao longo da nossa atuação, o jornalismo do Terra MT Digital vem se consolidando como um veículo de comunicação apartidário, pluralista, imparcial e líder de acessos nas mais diversas faixas etárias. Com uma plataforma moderna, limpa e de fácil acesso e visualização, nossa principal missão é fornecer conteúdo verdadeiro que ajude os cidadãos a se conscientizarem sobre os fatos do dia a dia e, ao mesmo tempo, formar opinião sobre os mesmos.

Comentários