Mulher que confessou ter matado homem a pauladas foi ouvida e liberada

ECODIESEL

A mulher havia sido detida na tarde de segunda-feira (18 de novembro/2019) em sua residência em Porto dos Gaúchos após a Policia Civil ser informada de que havia um corpo nos fundos da residência onde mora a suspeita, que assim que os investigadores chegaram ao local confessou a autoria do crime.

O corpo da vítima seguiu para Juína para passar por necropsia e coleta de impressões digitais para possível identificação e ficará no IML até que seja reconhecido por algum parente, uma vez que não portava documentos e não tem familiares em Porto dos Gaúchos.

Ao Porto Notícias, o delegado Dr. Albertino Felix de Brito Junior disse que abriu inquérito para investigar a possível participação de mais alguém no crime, mas que a princípio Noêmia é a única suspeita, no entanto ela foi ouvida e liberada por não haver situação de flagrante.

“Devido a rigidez do cadáver, tudo indica que homicídio ocorreu no dia 17, domingo e a Polícia só foi informada na segunda dia 18 a tarde. Ouvimos algumas testemunhas, o cadáver tinha vários hematomas, tudo indica que realmente tenha disso morto a pauladas, mas vamos esperar o laudo da perícia técnica que será feito no corpo. A mulher confessou que matou sozinha por que a vítima a teria agredido, mas isso ainda não está totalmente confirmado, vamos aguardar o desdobramento das investigações”, disse o delegado.

Porto Noticias

BANNER – BINOTTI
Loading...