Leilão de imóveis devolvidos por Silval arrecada R$ 3,3 milhões

ECODIESEL

Três dos seis imóveis de alto padrão, entregues pelo ex-governador Silval Barbosa e família em delação premiada para ressarcir os cofres públicos, foram arrematados na segunda praça do leilão encerrado nesta quinta-feira (31).

Nas duas praças realizadas, ao todo quatro imóveis foram arrematados e geraram o montante de R$ 3,3 milhões. Na primeira praça, encerrada no dia 16 de outubro, apenas um terreno foi arrematado.

Conforme a legislação, 5% do valor arrecadado ficará com o leiloeiro e 95% vai para a reestruturação do sistema prisional do Estado. No certame encerrado na quinta, um apartamento no Edifício Riviera da América, no Jardim das Américas, em Cuiabá, foi arrematado por R$ 920 mil. O lance inicial, na segunda praça, foi de R$ 601 mil.

Outro apartamento é um duplex, no Edifício Manchester, no Bairro Alvorada, em Cuiabá, arrematado por R$ 220 mil. O lance inicial, na segunda praça, foi de R$ 155 mil.

A residência em Matupá, que possui 2 mil metros quadrados, sendo 950 de área construída, foi arrematada por R$1,66 milhão, com lance inicial no valor de R$ 1,2 milhão.As três propriedades rurais entregues pelo ex-governador não receberam lances. São elas: fazenda Serra Dourada II, Lagoa Dourada e Lagoa Dourada I, todas em Peixoto de Azevedo.

Nesta segunda praça, os imóveis tiveram lance inicial reduzido em 50%, em relação ao valor exigido no primeiro leilão. Conforme o leiloeiro Paulo Brasil, os valores do arremate dos imóveis, no entanto, foram satisfatórios.

“Conseguimos 41,7% de valorização sobre a redução dada na segunda praça. Cumpriu com as expectativas”, disse. Paulo explica que foram realizados diálogos com possíveis interessados nas terras em Peixoto de Azevedo, mas não se concretizaram em lances por ser um segmento muito limitado.

Mídia News

BANNER – BINOTTI
Loading...