NOVO TEMPLO

Governador de MT autoriza suspensão do transporte coletivo intermunicipal no estado

BANNER – BINOTTI
PAX

O governador Mauro Mendes (DEM) anunciou nesta quarta-feira (18) novas medidas de contenção do coronavírus em Mato Grosso. Até o momento, 25 casos são monitorados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Mendes autorizou as concessionárias e permissionárias a suspender o transporte coletivo intermunicipal no estado, bem como determinou que deverão adotar todas as medidas de assepsia no interior dos veículos, de acordo com as normas sanitárias vigentes, cabendo aos órgãos regulatórios estaduais e municipais executar a fiscalização.

 

No âmbito da saúde, o governador determinou a contratação emergencial de profissionais. O médico infectologista Abdon Salam Khaled Karhawl, que é professor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), foi contratado para atuar como colaborador do Gabinete de Situação.

Ainda na área da saúde, tanto nos hospitais públicos quanto nos privados fica restrito a um acompanhante por paciente internado, por tempo indeterminado. Todas as cirurgias eletivas estão suspensas em Mato Grosso.

Fica recomendada ao setor privado a suspensão de eventos que concentrem mais de 50 pessoas em ambientes fechados e mais de 100 em ambientes abertos, a exemplo de atividades em feiras, academias, cinemas, clubes, missas, bares, restaurantes e boates.

Confira as principais medidas:

Saúde

  • Credenciamento para contratação emergencial de profissionais da saúde;
  • Em hospitais públicos e privados, fica restrito a um acompanhante por paciente internado, por tempo indeterminado;
  • Suspensão de agendamentos de cirurgias eletivas em hospitais estaduais;
  • Definido o médico infectologista e intensivista Dr. Abdon Salam Khaled Karhawl, para atuar como colaborador do Gabinete de Situação

Transporte

  • Ficam autorizadas às concessionárias e permissionárias a suspender o transporte coletivo intermunicipal no âmbito do Estado de Mato Grosso;
  • As concessionárias e permissionárias de serviço público de transporte coletivo municipal e estadual deverão adotar todas as medidas de assepsia no interior dos veículos, de acordo com as normas sanitárias vigentes, cabendo aos órgãos regulatórios estaduais e municipais executar a fiscalização;

Serviço público

  • Servidores públicos em grupos de risco poderão ter regime especial de trabalho, definido em portaria a ser editada pela Secretaria de Planejamento e Gestão, desde que previamente autorizado pelo Gabinete de Situação;
  • Reuniões na administração pública estadual serão suspensas e substituídas por videoconferência;
  • Servidores com casos suspeitos ou confirmados deverão permanecer afastados do trabalho;
  • Ficam permitidos os sistemas de escala, revezamento e teletrabalho na administração pública, mediante prévia autorização do Gabinete de Situação.
  • Fica autorizada a redução ou suspensão do atendimento ao público nos órgãos estaduais, desde que previamente autorizado pelo Gabinete de Situação

Eventos e aglomerações

  • Fica recomendada ao setor privado a suspensão de eventos que concentrem mais de 50 pessoas em ambientes fechados e mais de 100 em ambientes abertos, a exemplo de atividades em feiras, academias, cinemas, clubes, missas, bares, restaurantes e boates.

Sistema penitenciário

  • Visitas em todas as cadeias, unidades e socioeducativos ao Estado de Mato Grosso ficam suspensas por 15 dias, podendo ser prorrogadas.

TEXTO: G1 MT

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Loading...