Ex-candidato a vereador que matou mulher a facadas vai a júri

ECODIESEL

A Justiça de Sorriso iniciou, na manhã desta quinta-feira, o júri do acusado de matar a ex-mulher com golpes de faca, em 2016, Antônio Cláudio da Silva Santos, mais conhecido como Irmão Antônio. A vítima, Mary Clécia Freitas Soares Santos, teria levado cerca de 26 facadas na frente dos dois filhos, um menino de 11 anos à época e uma bebê.

A promotora de Justiça, Maysa Fidélis, informou, em entrevista ao Portal Sorriso, que o processo está pronto, bem como as testemunhas foram intimadas e o Ministério Pública conta com todas as provas periciais. “O caso é de enorme repercussão. Trata-se de mais um caso de feminicídio, que, infelizmente, é uma rotina em Sorriso. Nós temos a responsabilidade hoje de mostrar aos jurados a gravidade dos fatos e pedir a condenação do réu”, enfatizou.

O réu foi pronunciado pelo crime de homicídio em quatro qualificadoras. Por isso, segundo a promotora a pena esperada para o réu é acima de 20 anos. Maysa destaca que uma das funções da pena é desestimular outras pessoas que porventura queiram cometer o mesmo tipo de crime.

“A função do tribunal do júri é mostrar para a sociedade o crime, a gravidade, e que o bem, vida, é mais importante do qualquer outro”.

Além das provas periciais, há uma testemunha de relevância ao julgamento, o filho do réu e da vítima, que na época presenciou o crime bárbaro. Ainda de acordo com a promotora, hoje serão ouvidas sete pessoas, cinco do Ministério Público e mais duas testemunhas de defesa.

O crime

Conforme o Portal Sorriso noticiou, o ex-marido ainda possuía a chave da casa da mulher e entrou no local por volta da meia-noite do dia 10 de dezembro de 2016, no bairro Boa Esperança.

À época, a PM informou que o homem foi até o quarto da ex-mulher e a esfaqueou na cama onde ela dormia ao lado da bebê. O filho de 11 anos presenciou a execução escondido atrás da porta do quarto. Foi ele quem pediu socorro para a mãe logo depois que o pai deixou a casa.

De acordo com a perícia criminal, Mary foi brutalmente assassinada com mais de 26 facadas. Em entrevista à TV Sorriso, Antônio confessou o crime e disse que “perdeu a cabeça” após encontrar a mulher acompanhada com outro homem.

Antônio foi candidato a vereador nas eleições municipais de 2016 em Sorriso.

Fonte: Portal Sorriso

BANNER – BINOTTI
Loading...