Cuiabanos chegam em Lima para acompanhar o Flamengo

Esportes 22 de Novembro de 2019 ás 17h 20min

Flamenguistas de todo país já estão em Lima, no Peru, onde assistem neste sábado (23), a final da Libertadores da América. O jogo entre Flamengo e River Plate está marcado para às 16h, horário de Mato Grosso. E como não podia ser diferente, centenas de torcedores cuiabanos já estão na cidade embalados pelo clima da final. Um deles é Leonardo Campos, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil secção de Mato Grosso (OAB-MT). “A expectativa é grande, ansiedade a mil e sem dormir também”, disse Leonardo à reportagem. Ele embarcou nesta sexta-feira (22) para Lima e vai se juntar a multidão rubro-negra que já está na cidade. “A torcida tem dado um exemplo de otimismo e respeito. A gente percebe isso nos atos e também nas redes sociais. Há um movimento nacional pelo time, todo mundo entrando no clima”, disse. O advogado contou que é flamenguista desde criança, influenciado pelo pai. “A primeira roupa que ganhei foi uma camiseta do Flamengo e para você ter uma ideia, até no berço tinha o brasão do time”, contou dando risadas. Leonardo esteve com o time nos dois últimos títulos nacional, agora, espera trazer para Cuiabá o gostinho de ser campeão da Libertadores. “Quando eles foram para a final, eu tinha apenas 3 anos. Recordo da festa”, contou. Ele está com um grupo de amigos e acredita que, só de conhecido dos grupos de flamenguistas em Cuiabá, que mais de 100 já estão na cidade. Outro que já está a caminho de Lima é o investigador de Polícia Civil, Walter Matos, que se classificou para a reportagem como “flamenguista desde o nascimento”. Durante a entrevista, ele estava em Santiago do Chile, que sediaria a Libertadores. “Eu tinha comprado a passagem para Santiago, mas, com a mudança, tive que comprar um novo trecho para Lima”, contou ele, que foi rápido na mudança e evitou remarcar passagens. “Desde sempre joguei futebol, e sempre entendi a importância do esporte. E com o Flamengo foi assim. A expectativa para o jogo é muito boa, afinal, depois de 38 anos, não podemos perder essa chance”, disse. Ele também está viajando com um grupo de cuiabanos, que devem se reunir no Bar do Chico, em Lima, já tomado pelos brasileiros, com direito a cerveja e samba. Os amigos Athaíde Junior, Ricardo Chaba e Wagner Bonfim saíram de Cuiabá na quinta-feira (21) de carro e têm Lima como destino final. A previsão é de que eles cheguem na manhã de sábado, horas antes do jogo. Em entrevista, eles destacaram que são 3,432 km até a cidade, mas que decidiram a viagem nas duas últimas semanas. Outros cuiabanos, amigos deles, também seguem o mesmo percurso de carro. Eles receberam apoio dos internautas. “Sigam o líder e tragam a vitória”, disse uma delas na rede social do site. Gazeta Digital

Comentários