Cuiabá vira contra a Chape e assume liderança da série B

NOS ACRÉSCIMOS 29 de Agosto de 2020 ás 07h 29min
FOTO- GAZETA DIGITAL

No mundo do futebol existe um ditado muito conhecido entre os cartolas: “o jogo só acaba quando o juiz apita”, ditado esse que se fez presente nesta sexta-feira (28) na Arena Pantanal. O Cuiabá EC conseguiu uma virada "mágica" frente à Chapecoense, em jogo válido pela  5ª rodada da série B.

 

No primeiro tempo, os donos da casa começaram bem a partida, mas quem conseguiu marcar o primeiro tento foi o time de Santa Catarina. Aos 6 minutos, Paulinho Moccelin contou com a sorte, a bola foi rebatida no zagueiro Anderson Conceição e voltou para o atacante marcar o primeiro dele no campeonato.

 

Mesmo após o gol, o Cuiabá não parou de ser incisivo no ataque, mantendo o mesmo volume de jogo durante toda partida. Aos 6 minutos da segunda etapa, houve uma confusão na lateral, Hayner acertou a barriga de Anselmo Ramon, que revidou com um tapa no rosto do adversário, o bandeira alertou o árbitro sobre as agressões mútuas, que acabou expulsando os dois jogadores.   

 

Daí em diante o desenho da partida ficou bem definido, o time da casa pressionando e os visitantes se defendendo como podia.

 

Não é a toa que o futebol é o esporte mais apaixonante entre os brasileiros. As duas equipes resolveram deixar a emoção para os minutos finais. Quando o time catarinense pensou que levaria os 3 pontos para Chapecó,  Anderson Conceição de cabeça e Yago com um chute rasteiro nos acréscimos mudaram o cenário da partida.

 

O autor do gol da virada, Yago exaltou a vitória do time e a boa campanha no campeonato. "Parabéns para o grupo que lutou até o final. Fui coroado com o gol. Dedicar o gol para meu filho, minha filha que está vindo. Para a família inteira. Cuiabá é isso, dedicação até o final”, comemorou o atacante.

 

Com o resultado, o Dourado mantém a invencibilidade na série B e assume a liderança isolada da competição com 13 pontos, já a Chapecoense perde a invencibilidade no campeonato e cai para 3ª colocação.

 

                                                                      

 

As equipes voltam a campo na próxima terça-feira. O Cuiabá enfrenta  o Botafogo-SP,  às 17h, em Ribeirão Preto. E a Chapecoense recebe o Juventude às 20h30. Os duelos serão válidos pela 6ª rodada da Série B.

FICHA TÉCNICA:

 

CUIABÁ 2 x 1 CHAPECOENSE

 

CUIABÁ - João Carlos; Hayner, Everton Sena, Anderson Conceição e Romário; Auremir (Lucas Ramon), Rafael Gava (Fabrício Daniel), Elvis (Matheus Barbosa) e Felipe Ferreira (Yago); Jenison e Felipe Marques (Maxwell). Técnico: Marcelo Chamusca.

 

CHAPECOENSE - João Ricardo; Ezequiel (Vini Locatelli e depois Rone), Joílson, Luiz Otávio e Alan Ruschel; Willian Oliveira, Anderson Leite (Ronei), Aylon (Rafael Santos) e Matheus Ribeiro; Paulinho Mocellin (Paulinho) e Anselmo Ramon. Técnico: Umberto Louzer.

 

GOL - Paulinho Mocellin, aos 6 minutos do primeiro tempo. Anderson Conceição, aos 47, e Yago, aos 48 minutos do segundo tempo.

 

CARTÕES AMARELOS - Maxwell e Lucas Ramon (Cuiabá). Paulinho Moccelin e Alan Ruschel (Chapecoense).

 

CARTÕES VERMELHOS - Hayner (Cuiabá). Anselmo Ramon (Chapecoense)

ÁRBITRO - Fábio Augusto Santos Sá Junior (SE).

 

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

 

LOCAL - Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)

Fonte: GAZETA DIGITAL

Comentários