UFMT em Lucas do Rio Verde: Reitor destaca parceria com Prefeitura

13 de Outubro de 2020 ás 10h 41min

O reitor da UFMT, professor Evandro Soares da Silva, reconduzido, nesta semana ao cargo, pelo presidente Jair Bolsonaro, destacou o empenho e a parceria do prefeito de Lucas do Rio Verde, Luiz Binotti, na consolidação do projeto de implantação do Campus da UFMT no município. Segundo anuncia, a previsão inicial é a instalação de três cursos para atender a demanda não só da cidade mas, do Nortão.

 

 

                                                           

 

 

“Nos baseamos num estudo técnico realizado pela cidade de Lucas e a partir da demanda apresentada estamos avançando na questão. Toda decisão é inerentemente política, ainda que tenhamos todos os dados técnicos. Mas, já montado o projeto pedagógico do curso, necessidade de estrutura, de profissionais da área, técnicos administrativos e professores, é necessário que a gente tenha um plano político da implantação desse campus do qual a Prefeitura tem encaminhado de forma muita exitosa”, disse Evandro Soares da Silva.

 

 

O reitor fez questão de destacar o papel de uma universidade no desenvolvimento urbano de toda uma região.

 

 

“Uma nova universidade influencia no social, no científico, no tecnológico, no humano. E Lucas, assim como as cidades circunvizinhas, cresce vertiginosamente. Há uma possibilidade muito grande, em um tempo curto, de Lucas ser ponto de uma linha férrea que pode ir para o Norte, para o Leste do Brasil. Talvez seja o maior fluxo de grãos do País. Lucas é um município que anda em uma velocidade diferenciada, assim como os municípios circunvizinhos. O Nortão solicita essa demanda por desenvolvimento científico, tecnológico e social e a UFMT é fundamental nesse processo”, expôs.

 

NO MEC

 

 

No último dia 29.09 o processo para implantação do campus da UFMT em Lucas do Rio Verde foi protocolado no Ministério da Educação, em Brasília. Na reunião, o prefeito Luiz Binotti entregou o projeto arquitetônico, pedagógico (cursos previstos), e a pesquisa de demanda de curso superior.

 

 

“A chegada da UFMT será a realização de um sonho de décadas da sociedade luverdense e vai contemplar nosso município com mais uma universidade pública e gratuita. Avançamos a passos largos na consolidação de Lucas do Rio Verde como a cidade do conhecimento”, disse Binotti. 

 

 

Depois de aprovado pelo MEC, o projeto segue para o Ministério da Economia e o Congresso Nacional para aprovação e definição de orçamento.

 

Fonte: Alana Casanova

Comentários