NOVO TEMPLO

Deputados derrubam veto do Governo de auxílio de R$ 1,1 mil para professores interinos

BANNER – BINOTTI
PAX

Por 16 votos a cinco, os deputados estaduais derrubaram, em sessão desta segunda-feira (22), o veto do governador Mauro Mendes (DEM) ao auxílio emergencial de R$ 1,1 mil aos professores interinos e contratados das escolas públicas estaduais.

Durante a votação, o governador Mauro Mendes foi criticado, inclusive por parlamentares de sua base por ter vetado a medida aprovada pela Assembleia Legislativa, como uma forma de ajuda aos profissionais da educação no mês passado.

Acatando ao parecer da Procuradoria Geral do Estado (PGE), que alegou que o projeto é inconstitucional, pois interfere na organização administrativa de órgão da administração pública estadual e promove invasão da competência privativa do governador, Mendes vetou o auxílio no início do mês de junho.

A medida, segundo os parlamentares, irá reduzir o impacto da suspensão dos contratos de trabalho dos professores devido à pandemia do novo coronavírus e que estão sem receber salário desde o mês de abril.

Em entrevista, os professores acusaram o Governo de retaliação, por terem participado da greve no ano passado. De acordo com eles outros professores foram contratados pela Secretaria de Estado de Educação este ano, sendo que a Seduc poderia ter renovado os contratos deles.

 

TEXTO: OLHAR DIRETO

Carregando...