NOVO TEMPLO

Crimes contra LGBTs em MT aumentam 117% neste ano

Do total de casos deste ano, dois foram de homicídios. Já no ano passado, apesar do menor número de registros, foram quatro mortes entre janeiro e abril.

BANNER – BINOTTI
PAX

Os crimes contra Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros (LGBTs) aumentaram mais que dobraram entre janeiro e abril deste ano se comparado ao mesmo período de 2019. Nos primeiros quatro meses de 2020, foram registrados 87 casos em Mato Grosso, resultando em um aumento de 117% em relação a 2019, quando foram 40 registros.

Os dados são do Grupo Estadual de Combate aos Crimes de Homofobia (GECCH) com base nos boletins de ocorrência registrados no estado. Os números foram divulgados pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), nesta sexta-feira (15).

Do total de casos deste ano, dois foram de homicídios. Já no ano passado, apesar do menor número de registros, foram quatro mortes entre janeiro e abril.

O levantamento aponta que a maioria dos casos deste ano foram registrados nos meses de janeiro (21), fevereiro (23) e março (23). Em comparação com os mesmos períodos de 2019, constaram 11, 9 e 8 ocorrências, respectivamente. Já em abril, foram 10 registros em 2020 e 12 no ano passado.

Segundo a Sesp-MT, os efeitos da criminalização da discriminação por orientação sexual e identidade de gênero, aprovada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em junho de 2019, são vistos, cada vez mais, nos números de registros deste tipo de ocorrência.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Loading...