Criança morre afogada durante pescaria em Mato Grosso

Neste domingo, 09/06, uma senhora relatou aos policiais que é mãe do menor Fabrício Manoel Tomicha Espinosa, de 11 anos, sendo que o mesmo havia saído de canoa para pescar com o seu esposo (padrasto da criança), juntamente com um amigo, que em determinado momento, durante a pescaria o seu filho (Fabrício) escorregou e caiu na água, como não sabia nadar, se afogou, mas tentaram por toda maneira salva-lo, porém, infelizmente não conseguiram, pois o mesmo afundou e sumiu.

A comunicante disse que rapidamente acionaram o corpo de bombeiros para tentar encontra-lo, que chegaram e fizeram as buscas e no começo da tarde, por volta das 13:00Hs, conseguiram localiza-lo, mas sem vida.

Diante da situação a Policia Civil e a Politec foram acionados e assumiram a ocorrência.

Alguns minutos depois os investigadores de plantão na 1DP foram até o local, sendo na chácara da prefeitura, próximo ao Sadao e em conversa com o padrasto da vítima, o senhor Paulo Santana, o mesmo informou que por volta das 10:00Hs, deixou a vítima (Fabrício), juntamente com outra criança, de 11 anos, na barranca do rio, devido não haver colete salva vidas para todos, em seguida saiu para pescar, porém, foi avisado por um pessoal que passou de barco e disse que o menino havia caído no rio e sumiu.

Após a informação o mesmo rapidamente voltou ao local e foi informado por um amigo que a vítima se encontrava em cima de uma canoa que estava parada no local, depois escorregou e caiu na água e sumiu.

Em seguida acionaram o corpo de bombeiros que compareceu no local e encontraram o corpo da vítima próximo ao local onde o mesmo caiu.

Fonte: Ripa nos malandros

Comentar esta matéria

Por favor, faça seu comentário
Seu nome

*

code