URGENTE: Vendedor de espetinhos morre 2 dias após ser baleado em MT

NÃO RESISTIU 19 de Setembro de 2020 ás 08h 56min
Reprodução.

Morreu na madrugada deste sábado (19) no município de Cáceres (225 km de Cuiabá), o vendedor de espetinhos Marcos Antônio Chuina, conhecido como "Girimunga", morador de Rio Branco (356 km de Cuiabá). Ele foi atingido por quatro tiros na noite da última quinta-feira (17) em seu local de trabalho, na cidade onde morava. 

 

Os disparos foram efetuados por um homem que chegou na garupa de uma numa motocicleta modelo XRE de cor preta pilotada por um comparsa. Depois de receber os primeiros atendimentos, foi levado para um hospital de Cáceres onde passou por cirurgias, mas não registiu e teve o ôbito confirmado nesta madrugada. 

 

No dia do crime, inicialmente a informação era de que a vítima tinha sido atingida por três tiros. No entanto, ao passar por exame de raio-x num hospital de Cáceres contatou-se que Marcos Chuina foi alvejado por quatro disparos. Um deles pagou no pescoço, perto de uma artéria, outro de raspão no queixo, um terceiro no abdome, na região dos fígados e ainda um quarto tiro na coxa.

 

Um amigo que acompanhava a vítima em Cáceres informou que "Girimunga" não estava muito bem, pois não sentia a movimentação das pernas por isso foi levado ao centro cirúrgico para averiguar se havia algum projétil alojado em alguma parte do corpo.

 

No Facebook, uma irmã da vítima fez uma postagem lamentando a perda do familiar. "E assim você se foi meu irmão amado... de uma forma tão brutal que no da pra entender.  Fico me perguntando por que. Eu te amo tanto tanto. E agora como vou te ligar pra vc vim ajudar cuidar do nosso pai. E aí vc me dizia tô espetando carne mana pra eu ir trabalhar.... Eu eu ficava brava com vc...e vc vinha. Meu eterno irmão. Te amarei..e agora vc virou uma estrelinha la no céu te amarei pra todo o sempre... Meu eterno mano. Companheiro de sempre. Não tô acreditando nisso meu Deus me de forças", publicou ela. 

 

Outra internauta amiga da vítima e de familiares também fez uma publicação na página de Marcos Chuina. "A vida é um trem bala parceiro a gente é só passageiro prestes a partir. Descanse em paz meu amigo Marcos Chuina que Deus possa dar conforto a todos os familiares e amigos nesse momento de extrema dor  inacreditável o que aconteceu com vc", escreveu.

 

Agora, a Polícia Civil de Rio Branco passa a investigar o crime de homicídio que tem característica de acerto de contas ou rixa, para identificar o atirador, o comparsa que pilotava a motocicleta e os motivos do homicídio.

Fonte: Folha Max

Comentários