Tarado espia vizinha, ameaça dono de quitinete e é encontrado morto

Havia muito sangue desde a entrada do conjunto de quitinetes até a frente da casao do morto; Policia Militar registrou ocorrência como possível suicídio

17 de Outubro de 2020 ás 17h 59min

Um homem de 51 anos foi encontrado morto dentro da quitinete em que morava, na noite de sexta-feira (17), no bairro Cristino Cortes, em Barra do Garças, após discutir e ameaçar matar o dono do local. O proprietário contou à Polícia Militar que a confusão começou depois que ele, que mora numa casa ao lado, viu que o inquilino se masturbava enquanto espiava uma vizinha e chamou a atenção dele por causa disso. 

 

 

Conforme o relato à PM, o dono das quitinetes disse que o inquilino parecia estar embriagado e que não gostou de ter sido repreendido, e respondeu: “Eu sou homem e você é veado. Eu gosto de mulher. Você vai me pagar agora”. Depois, ele pegou uma faca e começou a passar o objeto tanto na janela quanto na parede e dizia que iria matar o proprietário. 

 

 

Na sequência, o inquilino foi até o portão da frente para tentar esfaquear o dono das quitinetes, que correu para dentro de casa e trancou a porta. Quando percebeu que os gritos tinham parado, o proprietário relata que saiu da casa, viu o sangue no chão e chamou a polícia. 

 

 

Quando a PM chegou, encontrou sangue na entrada do conjunto das quitinetes, no corredor e na área da frente da residência ao lado. O homem estava sentado no sofá da quitinete onde morava, com um corte no braço e poucos sinais vitais. A faca estava no chão. Quando o Corpo de Bombeiros foi até o local, foi constatada a morte.  

 

 

O local foi isolado e a Perícia Técnica Oficial foi chamada (Politec). O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal.

 

 

A corporação registrou o caso como possível suicídio. A Polícia Civil apenas informou que vai investigar o caso.

Fonte: REPORTER MT

Comentários