Médica picada por cobra recebe alta após 19 dias e agradece profissionais de MT e SP

PICADA DE COBRA 19 de Setembro de 2020 ás 07h 48min
Reprodução

A médica Dieynne Saugo, que foi picada por uma cobra jaraca no final de agosto em Nobres, anunciou nesta sexta-feira (18) em seu Instagram que recebeu alta hospitalar. Ela, que estava internada há cerca de 19 dias em um Hospital de São Paulo, se envolveu em uma polêmica após afirmar que morreria, caso fosse cuidada em uma hospitalar de  Cuiabá. 
 

O  Conselho Regional de Medicina do Estado de Mato Grosso (CRM-MT) chegou a ser posicionar sobre o caso por meio de nota de repúdio. “Ainda que a paciente e seus familiares tenham optado pela transferência para um serviço hospitalar fora do Estado de Mato Grosso, a afirmação de que a sua permanência em Cuiabá resultaria em "óbito óbvio" demonstra falta de consideração e respeito por todos os profissionais da saúde que lhe prestaram atendimento quando o seu quadro era de emergência”, dizia trecho da nota.

 

No entanto, na publicação desta sexta-feira, a médica mudou o tom. Agradeceu todo atendimento médico recebeu em Cuiabá e lá em São Paulo, para que fosse possível sua rápida recuperação. “Gratidão toda equipe que me deu suporte: Samu, PS Cuiabá, Complexo Jardim Cuiabá, e Hospital Albert Einstein”, disse ao comemorar alta. 

Ela também agradeceu às pessoas que doaram na vaquinha virtual para custear as despesas com transporte e internação em São Paulo. "Continuamos arrecadando dinheiro para ajudar nos custos hospitalares, já estamos próximos da meta", concluiu.

 

O CASO

 

A picada aconteceu no dia 30 de agosto. Dieynne tomava banho com amigos na Cachoeira Serra Azul, em Nobres, durante um passeio no domingo (30), quando a cobra despenca com a queda d’água da cachoeira e atingiu a vítima. Ela foi picada duas vezes, na mão e no pescoço.

 

Durante período de internação ela passou por três procedimentos cirúrgicos, sendo uma traquestomia, e duas operações no braço. Ela ainda contraiu Covid-19.

 

Fonte: Folha Max

Comentários