Bebê de 11 meses que estava com tios em moto fica gravemente ferido após acidente de trânsito

BANNER – BINOTTI
PAX

Moradores do bairro São José Operário ficaram entristecidos ao presenciarem um grave acidente de trânsito envolvendo uma motocicleta CG FAN e uma caminhonete L 200 Triton na tarde deste domingo (20.10), na cidade de Juína, Mato Grosso.

Na motocicleta estavam, o condutor, Rafael Cristino Silva Nascimento, 22, Lidiane de Arruda Ramos, 25, e um bebê, de 11 meses. Este último ficou gravemente ferido e quando os policiais militares chegaram no local ele estava desacordado. O bebê não usava capacete de segurança.

Rafael sofreu fratura exposta na perna e Lidiane sofreu escoriações pelo corpo e há suspeita de fratura no braço.

O serviço de atendimento móvel de urgência (SAMU) esteve no local do acidente e socorreu as vítimas encaminhando-as para a UPA 24 horas.

O bebê após receber os primeiros atendimentos na UPA foi submetido com urgência ao exame de tomografia de crânio, ele sofreu uma batida forte na cabeça e será necessária uma transferência para Cuiabá com urgência o que deverá ocorrer nas primeiras horas da manhã de segunda-feira. Enquanto isso, ele permanece internado e intubado sob monitoramento da equipe médica.

Em relação ao acidente, o motorista da caminhonete Cesar Augusto da Motta Fracaro, de 20 anos, contou aos policiais militares que transitava pela Avenida Tancredo Neves e ao cruzar na Avenida Daniel Berg a motocicleta que passava nessa avenida abalroou (bateu) e as vítimas perderam o controle da moto e caíram no asfalto.

A PM informou que não foi possível ouvir a versão do motociclista porquê ele estava sendo atendido pelos profissionais do Samu.

Os condutores Rafael e Cesar não possuem carteira nacional de habilitação. A motocicleta não está devidamente licenciada e não tinha condições de ser removida. A L 200 estava com a documentação em dia. Ambos os veículos foram entregues para amigos dos proprietários.

Os procedimentos administrativos foram realizados pelos policiais que atenderam a ocorrência.

Cesar que dirigia a caminhonete foi submetido ao teste do etilômetro e o resultado foi de 0,13 mg/l. Ele foi conduzido a delegacia de polícia por infração de trânsito e como houve vítimas no acidente poderá responder por crime de lesão corporal no trânsito.

Após prestar esclarecimentos a polícia, o condutor da caminhonete será liberado.

Lembrando que as prisões em flagrante por dirigir veículo sob influência de álcool acontecem quando o teste do bafômetro acusa valores superiores a 0,33 miligramas por litro de ar expelido.

O caso foi levado para a delegacia de polícia que dará continuação na ocorrência.

Juína News

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Loading...